Comando Ambiental da Brigada Militar resgata 37 aves silvestres em Vacaria

Comando Ambiental da Brigada Militar resgata 37 aves silvestres em Vacaria

Caçador foi flagrado de moto quando estava pretendia capturar pássaros no habitat natural

Correio do Povo

Na residência do indivíduo foram apreendidas também 57 gaiolas de ferro e de madeira, dez alçapões e seis armadilhas para captura de tatu

publicidade

O Comando Ambiental da Brigada Militar (CABM) divulgou na manhã deste domingo o resultado de uma operação contra a caça e abigeato desencadeada em Vacaria. O efetivo do 3º Batalhão Ambiental da BM e do 10º BPM apreenderam 57 gaiolas de ferro e de madeira, dez alçapões e seis armadilhas para captura de tatu, além de resgatarem do cativeiro 37 aves silvestres de várias espécies.

O flagrante teve início quando os policiais militares abordaram uma motocicleta na rua Carlos Záquera, no bairro Kennedy. O condutor transportava um pintassilgo dentro de uma gaiola com um alçapão e confessou que pretendia capturar outros pássaros. Na residência do caçador foram então localizadas as gaiolas, alçapões e armadilhas bem como as aves da fauna nativa em cativeiro. Um Termo Circunstanciado foi lavrado. O indivíduo vai responder agora por crime ambiental. A moto dele também foi recolhida durante a ação.

Segundo os policiais militares, as aves receberam os cuidados necessários e após serão soltas em seu habitat natural. Entre elas havia as espécies caboclinho-branco; pintassilgo; caboclinho-marrom; coleirinho; caboclinho-preto; sabiá laranjeira; cardeal; patativa; sanhaço-de-fogo; sabiá-branco; azulinho; trinca-ferro; canário da terra; sanhaço-frade; tico-tico rei; sargento; e tié preto.

Resgates 

Já o 2º Batalhão Ambiental da BM resgatou um veado campeiro que estava na área urbana de Santana do Livramento. O animal, que havia invadido o pátio de uma residência, foi capturado e depois devolvido ao habitat natural após ser verificado que não se encontrava ferido ou machucado. Ele foi solto na região da Área de Proteção Ambiental do Ibirapuitã, na zona rural.

Em Montenegro, o 1° Batalhão Ambiental da Brigada Militar realizou a soltura de um tucano. A ave não estava em condições de voar e foi então encaminhada para uma clínica veterinária. O pássaro recuperou-se e pode então ser devolvidos à natureza no interior do município.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895