Corpo de ex-prefeito de Estância Velha é sepultado
capa

Corpo de ex-prefeito de Estância Velha é sepultado

Elivir Desaim teria assassinado ex-funcionária antes de ser encontrado sem vida

Por
Chico Izidro

publicidade

O corpo do ex-prefeito de Estância Velha Elivir Desiam, foi enterrado neste domingo, no Cemitério Municipal de Imbé, que fica na Praia de Santa Terezinha. O político morreu afogado no sábado pela manhã, tendo sido encontrado na beira-mar de Imbé, próximo à avenida Santa Rosa, no centro da cidade. Ele era suspeito de ter cometido o assassinato da funcionária pública Lúcia Bialoso Valença, 35 anos, com quem estava namorando e pretendia se casar em 2019. O crime ocorreu na sexta-feira.

De acordo com a Polícia Civil, que está investigando o caso, Elivir Desiam, 57 anos, conhecido com Toco, confessou o assassinato de Lúcia, em Estância Velha, e a intenção de se matar, em ligação realizada para a ex-esposa, Suely Cardoso Lopes. Após receber a chamada de Elivir, Suely entrou em contato com a Brigada Militar de Tramandaí, cidade vizinha a Imbé. Após buscas e o aviso de populares, o corpo de Desiam foi encontrado. A morte se deu por afogamento. 

Elivir Desaim começou como vereador em Estância Velha, entre 1997 a 2000. De 2001 a 2008 foi o prefeito da cidade do Vale do Sinos pelo PT. Ele também dirigiu a Feira Nacional do Calçado (Fenac) entre 2009 e 2016. Em 2018, ele concorreu a deputado estadual pelo PTB, mas não conseguiu ser eleito, obtendo apenas a suplência. Lúcia foi enterrada neste domingo, no Cemitério Municipal de Estância Velha.