Corpo de mulher desaparecida é descoberto enterrado no pátio da própria casa em Alvorada

Corpo de mulher desaparecida é descoberto enterrado no pátio da própria casa em Alvorada

Pedido de prisão preventiva do marido da vítima está sendo encaminhado pela Polícia Civil à Justiça

Correio do Povo

Escavação foi realizada pelos agentes e bombeiros militares na moradia do casal no bairro Intersul

publicidade

A Polícia Civil localizou na manhã desta quarta-feira o corpo de uma mulher de 27 anos que estava desaparecida desde o domingo passado no bairro Intersul, em Alvorada. O cadáver estava enterrado ao lado da residência em que morava a vítima com a filha pequena e o marido, considerado o principal suspeito do crime. O diretor da 1ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (1ª DPRM), delegado Juliano Ferreira, revelou que o indivíduo, de 30 anos, está sumido. “Está sendo representada a prisão preventiva dele”, adiantou. “A vítima não tinha nenhuma queixa ou medida protetiva”, observou.

As escavações foram realizadas com apoio do efetivo do 8º Batalhão de Bombeiros Militar. O delegado Juliano Ferreira disse que informações apontaram para a possibilidade do corpo da mulher estar enterrado no pátio da própria casa, o que acabou confirmando. Ele acredita que o feminicídio ocorreu durante “uma briga de casal”.

A causa da morte da vítima será apurada pela necropsia do Departamento Médico Legal do Instituto-Geral de Perícias. “Pode ter sido uma paulada”, especulou o diretor da 1ª DPRM, que prefere aguarda os laudos. As investigações ficarão a partir de agora com a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Alvorada, coordenada pela delegada Carolina Terres.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895