Corpo do delegado Paulo da Silva Perez é velado em Tramandaí e será cremado em Porto Alegre

Corpo do delegado Paulo da Silva Perez é velado em Tramandaí e será cremado em Porto Alegre

Ele morreu de infarto fulminante na tarde de domingo na residência na praia

Correio do Povo

Por mais de 20 anos, o policial civil atuou no Litoral Norte

publicidade

A despedida do corpo do delegado Paulo da Silva Perez, 59 anos, titular da 23ª Delegacia Regional de Polícia do Interior, está prevista para ocorrer na tarde desta segunda-feira no Crematório Metropolitano, na avenida Professor Oscar Pereira, no bairro Azenha, em Porto Alegre. O velório acontece nesta manhã na Câmara de Vereadores de Tramandaí, na avenida Fernandes Bastos, na área central da cidade.

O delegado Paulo da Silva Perez teve um infarto fulminante na tarde do último domingo em sua residência, em Tramandaí. Ele deixa esposa e duas filhas. Além de ser um dos mais experientes policiais civis e atuando na linha de frente da instituição, ele sempre foi atencioso com a imprensa sobretudo nos mais de 20 anos no comando da DP de Tramandaí.

O vice-governador e secretário estadual da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, postou mensagem de pesar no Twitter. “A @policiacivilrs perdeu um grande policial e delegado. Responsável pela Regional do Litoral Norte, Paulo Perez dedicou a vida à instituição””, lamentou. “Meu abraço aos familiares, amigos e colegas neste momento de profunda tristeza”, acrescentou.

Em nota oficial, a Polícia Civil também manifestou “profundo pesar” e recordou a trajetória do delegado Paulo da Silva Perez. “Há 35 anos atuando na Polícia Civil, o Delegado Perez, entrou para a Instituição como Investigador de Polícia, em 1986. Mais tarde, em 1993, assumiu como Escrivão de Polícia e, em 1999, foi nomeado Delegado de Polícia. Foi titular da 1ª, 2ª e 4ª Delegacias de Polícia de Rio Grande. Desde junho de 2000, ele atuou como titular da Delegacia de Polícia de Tramandaí. Em março deste ano, o policial civil assumiu como Delegado Regional da 23ªDPRI”, lembrou. “Nossa solidariedade aos familiares, colegas e amigos neste momento de tristeza pela perda irreparável”, frisou no Twitter.

A Chefe de Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, prestou uma homenagem pessoal nas redes sociais. “Perdemos um grande amigo e colega, Del. Paulo Perez, nosso Regional do litoral, vítima de um infarte fulminante. Sabe aquele gabinete de delegado raiz? Ele tinha! Sabe aquele colega que não tinha dia nem hora para ajudar qualquer um? Era ele. Sabe aquele cara simples, sincero e muito competente? Era ele. Fará muita falta entre nós, Dr. Perez. Ficaremos com as boas lembranças, obrigada pela dedicação de uma vida inteira a nossa Polícia Civil. Descanse em paz. Meus sentimentos aos amigos e familiares”, redigiu.

A Secretaria da Segurança Pública do Rio Grande do Sul igualmente pronunciou-se sobre a perda. “A SSP registra a eterna gratidão pela dedicação e excelência do delegado Perez nos serviços prestados à proteção da sociedade gaúcha. Diante desta perda irreparável, empenhamos toda solidariedade com a família, amigos e colegas desse grande policial”, postou no Twitter. Por sua vez, a Brigada Militar, através de vários batalhões, lamentou o falecimento do policial civil.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895