Criminosos que atacaram Banrisul de São Sepé são catarinenses, diz PRF

Criminosos que atacaram Banrisul de São Sepé são catarinenses, diz PRF

Trio foi preso com um veículo quando já fugia pela BR 290, em Eldorado do Sul

Correio do Povo

No carro interceptado, os policiais rodoviários federais encontraram roupa, mochila e dinheiro sujo de tinta do terminal bancário

publicidade

A Polícia Rodoviária Federal confirmou na manhã deste sábado que são catarinenses de Joinville os três arrombadores presos após ataque contra a agência Banrisul de São Sepé. O trio foi interceptado quando já estava na BR 290, em Eldorado do Sul. Os criminosos, de 32, 34 e 53 anos, encontravam-se em um Volkswagen Polo, de cor prata, no momento da abordagem. Dentro do veículo, o efetivo da PRF apreendeu roupa, mochila e dinheiro manchado de tinta. A mesma tinta, que é disparada quando o sistema de alarme do equipamento é acionado, também sujou as mãos deles no momento em que violaram o caixa eletrônico do banco.

Uma fita adesiva isolante, utilizada para a alteração dos caracteres das placas do carro, foi ainda recolhida. As prisões ocorreram na tarde de sexta-feira quando a PRF realizava a operação Tamoio II que visa o combate à criminalidade nas estradas.

Havia o alerta sobre o veículo depois da fuga de São Sepé, onde um caixa eletrônico do Banrisul, situada na rua Sete de Setembro, havia sido arrombado com maçarico e ferramenta ao amanhecer de sexta-feira. No monitoramento, os policiais rodoviários federais localizaram então o Polo trafegando pela BR 290, em Eldorado do Sul. Houve então a abordagem e a prisão dos três criminosos que foram encaminhados ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil, em Porto Alegre.

Já a agência bancária havia ficado isolada para o trabalho do Instituto-Geral de Perícias (IGP). Uma equipe do Posto de Criminalística do IGP em Santa Maria fez a perícia no saguão de autoatendimento do banco. Os ladrões abriram um buraco em um dos cinco terminais, o que possibilitou o acesso ao dinheiro do cofre interno no equipamento. Para entrar no prédio, os bandidos quebraram a porta principal. A Brigada Militar foi acionada na ocorrência e chegou a realizar buscas durante todo a sexta-feira no interior do município.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895