Cruz Alta era o destino final dos 17 quilos de cocaína apreendidos pela PRF em Santa Catarina

Cruz Alta era o destino final dos 17 quilos de cocaína apreendidos pela PRF em Santa Catarina

Droga foi avaliada em R$ 3,6 milhões e vinha de Foz do Iguaçu, no Paraná

Correio do Povo

Flagrante contou com cão de faro da Polícia Militar

publicidade

A cidade gaúcha de Cruz Alta era o destino final dos 17 quilos de cocaína apreendidos em uma ação conjunta da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar em Santa Catarina. A confirmação foi dada nesta segunda-feira pela PRF.

A droga foi avaliada em R$ 3,6 milhões. Ele foi localizado no forro do teto e nas laterais do porta-malas de um automóvel Volvo XC60, abordado na última sexta-feira na BR 282, em Iraceminha.

Na primeira vistoria nada de irregular foi identificado, mas o nervosismo do motorista levantava suspeita. Os policiais rodoviários federais acionaram então o canil da Polícia Militar de São Miguel do Oeste. O cão de faro Axel sinalizou para a presença de entorpecente no veículo, totalizando 17,4 quilos de cocaína.

O condutor, um paranaense de 37 anos, foi preso em flagrante. Ele confessou que seria pago para fazer o transporte da cocaína desde Foz do Iguaçu, no Paraná, na fronteira com Ciudad del Este, no Paraguai, até Cruz Alta, no Rio Grande do Sul. O traficante foi conduzido à DP de Maravilha.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895