Delegacia de Delitos de Trânsito descarta racha em acidente de trânsito em Porto Alegre

Delegacia de Delitos de Trânsito descarta racha em acidente de trânsito em Porto Alegre

Motorista morreu após Mitsubishi Lancer Mitsubishi chocar-se contra um poste na avenida Carlos Barbosa

Correio do Povo

Automóvel desmanchou-se após impacto

publicidade

O titular da Delegacia de Delitos de Trânsito, delegado Carlo Butarelli, descartou “por enquanto” a ocorrência de uma disputa de carro no caso do acidente de trânsito com morte ocorrido na noite da última quinta-feira na avenida Carlos Barbosa, no bairro Medianeira, em Porto Alegre. Nas imediações do estádio Olímpico, no sentido centro-bairro, um Mitsubishi Lancer em alta velocidade chocou-se violentamente contra um poste de concreto da rede de energia elétrica.

O corpo do motorista, de 41 anos, ficou nas ferragens do automóvel, que restou totalmente destruído com o impacto no poste. A ocorrência mobilizou os efetivos do 1º Batalhão de Bombeiros Militar e do 1º BPM, além de agentes da EPTC. 

“Não tem nada de racha. A princípio, ele bateu sozinho”, observou o delegado Carlo Butarelli na manhã desta sexta-feira à reportagem do Correio do Povo. No entanto, ele não descarta igualmente a possibilidade. “Vamos apurar se existe outro veículo envolvido que possa ter contribuído para o acidente”, confirmou.

 

 

Entre as diligências na investigação está a procura de imagens de câmeras de monitoramento na área. Os policiais civis já conseguiram uma que fica em um prédio em frente ao poste e que registrou inclusive o exato momento do acidente, às 20h34min.

Os laudos do Instituto-Geral de Perícias estão sendo também aguardados pelos agentes. Um deles deve apontar se um cilindro de nitro, encontrado junto aos destroços do carro, estava conectado e em funcionamento para aumentar o desempenho do motor. “Tudo vai ser apurado”, assegurou o titular da Delegacia de Delitos de Trânsito.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895