Denarc apreende cerca de R$ 1,5 milhão em cocaína na região do Vale do Rio Pardo

Denarc apreende cerca de R$ 1,5 milhão em cocaína na região do Vale do Rio Pardo

Houve a apreensão de 65 quilos da droga que estava sendo levada para uma facção criminosa do Vale do Rio dos Sinos

Correio do Povo

Policiais civis abordaram e perseguiram dois veículos na ação

publicidade

O Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil anunciou a apreensão de R$ 1,5 em milhão em cocaína em Candelária, na região do Vale do Rio Pardo. Cerca de 65 quilos da droga estavam sendo levados para uma facção criminosa sediada na região do Vale do Rio dos Sinos.

O flagrante foi realizado pela equipe do delegado Wagner Dalcin. Os policiais civis receberam a informação de que dois veículos transportavam entorpecentes e passariam na tarde de quinta-feira pelo pedágio da RSC 287, em Candelária.

Os agentes do Denarc abordaram então um Volkswagen Jetta e um Fiat Uno, sendo que o primeiro veículo tinha os vidros blindados e estava com o carregamento de cocaína em um fundo falso. O motorista foi preso.

Já o condutor do segundo carro, usado como batedor, fugiu da abordagem e foi perseguido até Santa Cruz do Sul, onde causou um acidente de trânsito. Houve a interceptação com apoio dos policiais civis da delegacia da cidade. O criminoso também foi detido.

Segundo o diretor da Divisão de Investigações do Denarc, delegado Carlos Henrique Braga Wendt, trata-se da maior apreensão de cocaína realizada neste ano pelo órgão.

Ele observou que um dos traficantes presos é irmão de um dos líderes de organização criminosa que havia sido alvo da operação Magna Opera, desencadeada pela Delegacia de Repressão à Lavagem de Dinheiro do Denarc, em maio de 2020.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895