Denarc apreende placas balísticas “strike face” e capa de colete à prova de balas em Porto Alegre

Denarc apreende placas balísticas “strike face” e capa de colete à prova de balas em Porto Alegre

Ação ocorreu na vila Cruzeiro do Sul, uma das áreas conflagradas no conflito entre duas facções criminosas na cidade

Correio do Povo

Um revólver municiado também foi recolhido pelos policiais civis

publicidade

O Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil apreendeu, no início da tarde desta quarta-feira, seis placas balísticas modelo “strike face” e uma capa de colete à prova de balas na vila Cruzeiro do Sul, no bairro Santa Tereza, em Porto Alegre. A região está conflagrada por duas facções criminosas em conflito entre si nas duas últimas semanas. Houve ainda o recolhimento de um revólver calibre 38 com dez munições e R$ 200,00 em dinheiro.

A ação foi coordenada pelo delegado Alencar Carraro. O material estava dentro de uma mochila no interior de uma residência, situada na rua Jacob Isake Zylbersztejn. “Recebemos uma informação…”, observou, sem entrar em detalhes para não prejudicar o andamento das investigações.

O responsável, um jovem, já foi identificado pelos policiais civis. “Ele não tem antecedentes muito graves”, constatou o delegado Alencar Carraro. “Ele vai responder por posse irregular”, frisou.

A reportagem do Correio do Povo fez uma pesquisa na internet e apurou que vários sites brasileiros ou no exterior comercializam livremente as placas balísticas do tipo “strike face”. O delegado Alencar Carraro confirmou que “a venda é ilegal”.

A presença do Denarc desde cedo desta manhã na região é mais um esforço da Polícia Civil em combater a onda de violência provocada pelas facções criminosas. O Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) também está mobilizado.

Na última terça-feira, por exemplo, a equipe da 1ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (1ª DPHPP) apreendeu um fuzil calibre 556, uma pistola calibre 380, uma pistola calibre nove milímetros, seis carregadores, um kit roni que transforma uma pistola em uma submetralhadora e três seletores de rajada, além de 468 munições de calibres variados, além de um telefone celular. A ação ocorreu no bairro Agronomia.


Foto: PC / Divulgação / CP


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895