Denarc localiza casa usada para receber por via postal de drogas e insumos em São Leopoldo
capa

Denarc localiza casa usada para receber por via postal de drogas e insumos em São Leopoldo

Investigação revelou que local abrigava cocaína e produtos vindos até de outros estados

Por
Correio do Povo

Os agentes encontraram também insumos para a preparação da droga e dinheiro, entre outros materiais


publicidade

O Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil anunciou na manhã desta quinta-feira a localização de uma residência que recebia por via postal de drogas e insumos, situada no bairro Santos Dumont, na cidade de São Leopoldo, no Vale do Sinos. A ação, com amparo judicial através de um mandado de busca e apreensão, teve início ainda na noite dessa quarta.

Houve a apreensão de sete quilos de cocaína e em torno de um quilo e meio de insumos para o preparo do entorpecente, além de uma prensa pneumática nova, um molde para baixo relevo em formato de golfinho, um celular e cerca de R$ 3 mil em dinheiro. Uma traficante foi presa em flagrante. A ação foi coordenada pela delegada Caroline Jacobs.


As investigações começaram a partir da apreensão de 15 quilos de pó de um produto químico utilizado na mistura da cocaína que foi interceptado em uma agência dos Correios do Vale dos Sinos. O mesmo remetente da mercadoria já havia enviado dois quilos de cocaína para o endereço em São Leopoldo. Diligências foram realizadas no sentido de identificar o destinatário do produto. 

Em outra ação do Denarc, desta vez sob comando do delegado Alencar Carraro na cidade de Canoas, os policiais civis prenderam um traficante com R$ 24,5 mil em dinheiro, cerca de três quilos de maconha e 100 comprimidos de ecstasy, além de Renault Logan. Após diversos dias de monitoramento, o indivíduo, que possui antecedentes criminais, foi abordado pelos agentes na residência.