Em torno de 2,3 mil pessoas são dispersadas pela Guarda Municipal em Porto Alegre

Em torno de 2,3 mil pessoas são dispersadas pela Guarda Municipal em Porto Alegre

Flagrantes ocorreram nos bairros Moinhos de Vento, Cidade Baixa e Centro

Correio do Povo

Ação ocorreu entre a noite de sexta-feira e madrugada deste sábado

publicidade

A Guarda Municipal de Porto Alegre dispersou em torno de 2,3 mil pessoas, em sua maioria jovens, que estavam aglomeradas em vários pontos tradicionais de encontro da cidade.

A operação ocorreu entre a noite de sexta-feira e madrugada deste sábado com participação da Brigada Militar, Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo.

Os flagrantes de descumprimento dos decretos relativos à Covid-19 da  Ronda Ostensiva Municipal (Romu) da Guarda Municipal ocorreram nas ruas Padre Chagas e Luciana de Abreu, no bairro Moinhos de Vento; nas ruas da República, José do Patrocínio e General Lima e Silva, no bairro Cidade Baixa; e na rua Fernando Machado, no Centro.

Um bar na rua Barão do Gravataí, no bairro Menino Deus, que funcionava com clientes aglomerados e sem máscara, foi autuado. 

Na rua 24 de Outubro, no bairro Moinhos de Vento, foi realizada uma barreira da operação Balada Segura, com 48 veículos abordados, 31 autuações, duas carteiras nacionais de habilitação e dez veículos recolhidos. Um condutor foi multado por embriaguez ao volante, sendo conduzido para a Polícia Civil.

"As ações de contenção dos excessos, aliadas à orientação e prevenção, ajudam na garantia da segurança sanitária", afirmou o comandante da Guarda Municipal, Marcelo do Nascimento. Denúncias devem ser feitas pelos telefones 153 e 156.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895