Em três ações, Polícia Rodoviária Federal recolhe cerca de 139 quilos de drogas no Rio Grande do Sul

Em três ações, Polícia Rodoviária Federal recolhe cerca de 139 quilos de drogas no Rio Grande do Sul

Apreensões de cocaína, maconha e crack ocorreram em Campestre da Serra, Pelotas e Uruguaiana

Correio do Povo

Mais de R$ 7 milhões em entorpecentes foram recolhidos na BR 116 e BR 290

publicidade

A Polícia Rodoviária Federal confirmou nesta segunda-feira a apreensão de cerca de 139 quilos de drogas em três flagrantes ao longo do último domingo. Em Campestre da Serra, nas proximidades do entroncamento da BR 116 com a ERS 122, o efetivo da PRF encontrou 12 quilos de cocaína, maconha e crack, estimados em mais de R$ 1 milhão.

No trecho da rodovia, um Fiat Palio foi abordado. Na vistoria, os policiais rodoviários federais localizaram os entorpecentes escondidos no painel do veículo. Um casal, natural de Vacaria, foi preso. O motorista, de 31 anos, já tinha antecedentes criminais por narcotráfico. Ele e a passageira, de 28 anos, foram encaminhados para a Polícia Civil.

Em outra ação, a PRF e a Receita Federal flagraram um carregamento de 100 quilos de maconha e skunk e mais quatro quilos de MDMA na BR 116, em Pelotas. As drogas estavam em um Fiat Argo. Um catarinense de 31 anos foi detido.

Já na BR 290, em Uruguaiana, os policiais rodoviários federais prenderam um traficante com 27 quilos de cocaína, avaliada em quase R$ 5 milhões. O entorpecente estava dentro da lataria de um Peugeot 206, transportado em cima de um caminhão guincho. O dono do automóvel, de 26 anos, foi preso.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895