Estão presos três dos quatro envolvidos na morte de empresário do ramo de jogos em Porto Alegre

Estão presos três dos quatro envolvidos na morte de empresário do ramo de jogos em Porto Alegre

Anúncio é da 2ª DPHPP da Polícia Civil que investiga a execução ocorrida na avenida Princesa Isabel

Correio do Povo

Câmera veicular registrou o crime no dia 15 de maio

publicidade

A titular da 2ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (2ª DPHPP) da Polícia Civil, delegada Roberta Bertoldo, anunciou na manhã desta sexta-feira que já estão presos três dos quatro envolvidos na execução do empresário do ramo dos jogos, João Carlos Franco Cunha, 72 anos. Imagens do crime, gravadas por uma câmera veicular de um outro carro, também foram divulgadas.

A vítima foi baleada e morta dentro do seu Mitsubishi Pajero, no dia 15 de maio passado. Ela aguardava a abertura do sinal verde de um semáforo localizado na avenida Princesa Isabel, entre os bairros Azenha e Santana, em Porto Alegre.

O atirador, com um boné e vestindo um colete reflexivo similar ao usado por motoboys, aproximou-se a pé do Pajero e efetuou os disparos através do vidro do motorista. O criminoso abre ainda a porta para certificar-se antes de fugir correndo do local. O veículo, com a vítima morta, acaba movimentando-se um pouco antes da parada total, quase colidindo com outros em um cruzamento.

“Durante as investigações foram identificados quatro indivíduos suspeitos, três deles já presos. A motivação não está detalhadamente esclarecida, mas se refere a divergências nos negócios ilícitos que João Carlos mantinha”, observou a delegada Roberta Bertoldo.

“Áudios obtidos durante o transcorrer da apuração apontam que os executores saberiam a rotina da vítima e fariam o atentado pelo valor de R$ 5 mil”, acrescentou a titular da 2ª DPHPP.

“A Polícia Civil conta com a colaboração da população para que informe a identificação do executor por meio de nosso disque denúncia 0800-6420121”, enfatizou a delegada Roberta Bertoldo.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895