Forte esquema de segurança marca chegada de um dos líderes da facção Os Manos no RS

Forte esquema de segurança marca chegada de um dos líderes da facção Os Manos no RS

Foragido foi trazido em uma aeronave da Polícia Federal

Correio do Povo

publicidade

Um forte esquema de segurança marcou no início da tarde de hoje a chegada do criminoso Nenê, de 37 anos, um dos líderes da facção Os Manos, no Porto Alegre Airport-Aeroporto Internacional Salgado Filho. Ele havia sido capturado na manhã da última terça-feira pelos agentes da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) do Paraguai. O foragido foi trazido em uma aeronave da Polícia Federal, vindo de Foz do Iguaçu, no Paraná, onde havia sido entregue pelas autoridades paraguaias à PF na Ponte Internacional da Amizade, na BR 277, no mesmo dia da prisão.

No desembarque, os policiais federais da PF da Capital, em três viaturas, já o aguardavam na pista do Terminal Antigo do Aeroporto Salgado Filho. Algemado, Nenê usava camiseta e jeans, com o rosto descoberto. O comboio deixou o local e deslocou-se para um estabelecimento prisional que não foi divulgado por questão de segurança. A imprensa pode acompanhar o momento da chegada do criminoso do mezanino do prédio.

Os agentes da Senad capturaram Nenê em uma mansão em um condomínio de luxo na cidade de Hernandarias, no departamento do Alto Paraná. Segundo as autoridades paraguaias, o foragido operava em associação com a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) no país. Foragido da Justiça desde junho deste ano no Rio Grande do Sul, Nenê tem mais de 71 anos de condenação. Beneficiado a cumprir pena no regime semiaberto em março deste ano devido à pandemia do novo coronavírus, o criminoso foi solto judicialmente da Cadeia Pública de Porto Alegre (antigo Presídio Central) e recebeu uma tornozeleira eletrônica. O equipamento foi rompido por ele em junho, quando residia em um condomínio de alto padrão em Estância Velha.   


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895