Gaúchas são presas pela PRF de Santa Catarina quando retornavam para Porto Alegre

Gaúchas são presas pela PRF de Santa Catarina quando retornavam para Porto Alegre

Elas foram abordadas na BR 101, em Tubarão, após furtarem mercadorias na Grande Florianópolis

Correio do Povo

As ladras não explicaram a origem e nem apresentaram nota fiscal do vestuário ainda com etiquetas

publicidade

A Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina confirmou na manhã desta segunda-feira que as quatro mulheres presas por furto de vestuários em rede de loja de departamentos, na Grande Florianópolis, são do Rio Grande do Sul. Elas retornavam para Porto Alegre em um Volkswagen Novo Voyage quando foram interceptadas pelo efetivo da PRF na BR 101, em Tubarão. A abordagem do veículo na rodovia ocorreu na noite de sábado passado. O carro era conduzido por um homem de que alegou ser motorista de aplicativo.

As gaúchas, de 21, 29, 39 e 57 anos, vinham de São José, na Grande Florianópolis. Uma delas mentiu sobre o verdadeiro nome. No veículo, o efetivo da PRF localizou 109 peças de roupas novas, quase todas com etiquetas da loja. As mulheres não explicaram a origem do vestuário e nem apresentaram documento fiscal de compra.

Os policiais rodoviários federais notaram que todas as roupas eram de uma grande loja de departamentos e entraram em contato com a filial de São José, sendo confirmado que as mesmas eram novas e tinham sido furtadas. Presas em flagrante, as ladras confessaram que realizaram vários furtos em lojas da rede, sendo o último realizado no sábado de tarde em São José. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil de Tubarão.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895