Gate confirma que artefato em agência bancária na zona Sul era explosivo
capa

Gate confirma que artefato em agência bancária na zona Sul era explosivo

Uma carga foi detonada e outra levada a local seguro para inutilização

Por
Correio do Povo

Uma carga foi detonada e outra levada a local seguro para inutilização

publicidade

O Grupo de Ações Táticas Especiais da Brigada Militar confirmou que duas cargas explosivas foram utilizadas para roubar valores de caixas eletrônicos em uma agência bancária do Bradesco, localizada na esquina da Avenida Teresópolis com a rua Belém, na zona Sul de Porto Alegre. Uma delas foi explodida em uma das máquinas e a outra não detonou.

“Fomos chamados relativo a um artefato explosivo que se encontrava na entrada da boca do caixa eletrônico. Aumentamos o perímetro (de isolamento de segurança). E encontramos aproximadamente de 500 a 800 gramas de emulsão (explosivo). Uma foi acionada. A outra foi removida e levada para um local seguro para colocar uma contracarga e desativar o material”, explicou o tenente Jackson Rodrigues de Campos.

Ao chegarem na agência, um especialista com a roupa protetora contra explosões utilizou um robô para se aproximar do artefato e fazer o primeiro reconhecimento. Na sequência, ele foi até o local e retirou a carga que não foi detonada. “Os 800 gramas poderiam causar uma explosão e afetar uma boa parte do quarteirão do banco. Dados técnicos deixamos mantemos em sigilo”, afirmou Campos.

O trânsito na região chegou a ser bloqueado, mas já está liberado. A perícia está no local para colher provas do crime.