Golpistas que usavam nome de um policial civil de Novo Hamburgo são presos em Caxias do Sul

Golpistas que usavam nome de um policial civil de Novo Hamburgo são presos em Caxias do Sul

Mais de 30 vítimas foram ludibriadas pelos estelionatários que fingiam ser o delegado Rafael Sauthier

Correio do Povo

A motocicleta do morador de Taquara foi recuperada junto com outras mercadorias vendidas pelas vítimas aos criminosos

publicidade

Dois criminosos foram presos em flagrante por estelionato em Caxias do Sul pelo delegado plantonista Rafael Sauthier, da Delegacia de Policia de Pronto Atendimento (DPPA) de Novo Hamburgo. A dupla utilizava documentos em nome dele para ludibriar mais de 30 vítimas desde o final do ano passado. Sozinho, ele investigou por cerca de 14 horas até descobrir o local onde estava a dupla de estelionatários, no bairro São Caetano.

A pista da dupla surgiu na noite de domingo quando o delegado Rafael Sauthier ficou sabendo que usaram mais uma vez o nome dele. Um motorista de guincho de Parobé havia sido acionado pelos criminosos para que recolhesse uma moto Honda em Taquara, adquirida de uma vítima. No entanto, os golpistas acabaram por mandar uma outra pessoa buscar a moto com uma caminhonete Fiat Strada, cedida pela dupla, e trazê-la até a casa em que estavam em Caxias do Sul.

No momento em que a caminhonete chegoiu com a moto no endereço, o delegado Rafael Sauthier entrou em ação com apoio dos agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Caxias do Sul, junto com o delegado Luciano Rodrigues Pereira, que deram apoio à operação no momento da prisão e depois ajudaram na apresentação da prisão em flagrante na DPPA de Caxias do Sul. Além dos dois veículos, diversos objetos das vítimas avaliados em cerca de R$ 100 mil, foram recuperados no local, como eletroeletrônicos, móveis, maquinários, capacetes, colchões e tênis, entre outros.

 

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895