Grupo criminoso pretendia matar policiais federais no Sul do Estado

Grupo criminoso pretendia matar policiais federais no Sul do Estado

Operação da PF foi desencadeada contra os envolvidos nesta quinta-feira em Santa Vitória do Palmar e Rio Grande

Correio do Povo

Detentos planejavam ataques a policiais federais que trabalham no combate ao tráfico

publicidade

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira, a operação Praesidium no Chuí com o objetivo de desarticular um grupo criminoso investigado por planejar atentado contra agentes da instituição que atuam na região. Quatro mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nos municípios de Santa Vitória do Palmar e Rio Grande.

A ação tem apoio da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) pois uma ordem judicial incluiu a Penitenciária Estadual de Rio Grande. Cerca de 30 policiais federais e agentes penitenciários foram mobilizados. Um homem foi preso em flagrante por posse de arma de fogo em Santa Vitória do Palmar. 

O inquérito da Polícia Federal foi instaurado em julho após recebimento de informações que indicavam o plano entre um detento da Penitenciária Estadual de Rio Grande e criminosos Santa Vitória do Palmar. A ação criminosa planejada seria uma represália às ações da Polícia Federal na região, como as operações Anjos da Praia e Strike que resultaram na prisão de mais de cem pessoas por tráfico de drogas e na apreensão de cerca de três toneladas de entorpecentes entre os anos de 2016 e 2019.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895