Grupo que pretendia invadir Maracanã durante Flamengo e Grêmio é alvo de ação
capa

Grupo que pretendia invadir Maracanã durante Flamengo e Grêmio é alvo de ação

Policiais cumprem 27 mandados de prisão e outros 89 de intimação contra torcedores do Rubro-Negro

Por
Agência Brasil

Grupo pretendia invadir Maracanã durante jogo entre Flamengo e Grêmio

publicidade

Policiais civis da 18ª DP do Rio de Janeiro cumprem nesta terça-feira 27 mandados de prisão e outros 89 de intimação contra torcedores do Flamengo. A operação Olhos de Águia, como é chamada, é um desdobramento das investigações que apura um grupo de supostos torcedores do clube que marcava, por redes sociais, uma invasão ao Estádio do Maracanã, no jogo de quarta-feira à noite contra o Grêmio, pela semifinal da Copa Libertadores da América.

Segundo as investigações, o grupo foi criado especialmente para marcar a invasão com mensagens trocadas em áudio e vídeo. De acordo com a secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), "foram observadas mensagens em que ele ameaçava matar policiais, praticar roubos, causar danos e constranger os torcedores da torcida do Grêmio".

Mais de 100 integrantes de uma facção criminosa foram identificados.