Homem é morto ao agredir policiais militares em Candelária
capa

Homem é morto ao agredir policiais militares em Candelária

Suspeito urinou nas frentes dos PMs, deu soco em um deles e tentou sacar a arma de outro durante abordagem

publicidade

Um homem que urinou em frente a vítimas de uma ocorrência de pertubação do sossego e de um policial militar, desferiu um soco nele e tentou sacar a arma de outro colega que fazia o atendimento, acabou baleado e morreu no hospital. A confusão foi nas proximidades de um posto de combustíveis, na Avenida Pereira Rego, no Centro de Candelária, no Vale do Rio Pardo, por volta das 23h45min de quinta-feira. A Brigada Militar irá averiguar os fatos e apurar a conduta dos policiais envolvidos.

Tudo começou, quando no final da noite de quinta-feira a BM foi chamada para atender a uma ocorrência de perturbação do sossego nas proximidades de um posto de combustíveis, na Avenida Pereira Rego, no centro da cidade. A dupla de policiais, ao fazer contato com o casal que havia chamado a Brigada Militar, foi surpreendida com a aproximação de um homem, que passou a urinar em frente a eles. O indivíduo, então, começou a ser abordado e revistado. Entretanto, o homem reagiu à abordagem policial e agrediu o PM que efetuava a ação com um soco no nariz. Com o golpe, o brigadiano caiu no chão. O colega teria tentado intervir e entrou em luta corporal com o agressor, que tentou sacar a arma deste segundo policial. Mas o PM atacado com um soco, conseguiu reagir e efetuou um disparo de arma de fogo, atingindo o agressor no abdômen. O suspeito, baleado, foi encaminhado pelos próprios policiais ao Hospital de Candelária. Durante o atendimento médico, o homem, de 27 anos, não resistiu ao ferimento e morreu.

Conforme o comandante do 23°BPM, Major Fábio Vilnei da Silva Azevedo, já está registrado o Boletim de Ocorrência Policial Militar, para que sejam apurados os fatos. Os nomes dos envolvidos não foram informados.