capa

Homem mata pai e mãe a facadas em Bom Jesus, na Serra

Segundo a polícia, casal foi morto por se negar a dar quantia de dinheiro exigido pelo filho para comprar drogas

Por
Franceli Stefani

publicidade

Após confessar que matou os pais em Bom Jesus, na Serra, um homem de 30 anos, foi preso em flagrante na sexta-feira. O pai, 61, foi morto a facadas, e mãe, 57, foi encontrada degolada e com um tiro na testa. De acordo com o delegado regional de Vacaria, Carlos Alberto Defáveri, o crime ocorreu na terça-feira, dia 11, em uma fazenda localizada em Mandaçais, onde o casal trabalhava como caseiro. Os corpos foram encontrados dentro do quarto.

“Quando os policiais chegaram no endereço e não viram o veículo na garagem desconfiaram de um latrocínio (roubo seguido de morte), porém, logo em seguida chegou o filho do casal, com o automóvel do pai”, detalha.

Questionado pelos investigadores sobre o que havia acontecido, ele se contradisse, mas acabou confessando o crime. Defáveri disse que o homem queria fazer o uso de drogas, pediu dinheiro para o pai, que negou.

“Ele não lhe deu a quantia exigida e nem os objetos para trocar. Houve uma discussão, ele esperou os pais dormirem e os matou”, explica.

O homem informou à polícia que estava retornando à casa para pegar mais algum pertence para trocar por entorpecente. “O assassinato aconteceu na terça-feira, mas dentro da dinâmica, entendemos pela autuação em flagrante por duplo homicídio qualificado (motivo torpe e sem oportunizar qualquer chance de defesa às vítimas) e a imediata conversão em prisão preventiva”, diz.

Após os trâmites policiais, ele foi encaminhado ao Presídio Estadual de Vacaria. Os corpos do casal foram encaminhados ao Departamento Médico Legal (DML). “Lamentamos muito o ocorrido. Foi um crime muito triste e repulsivo, mas enaltecemos todos os policiais pela dedicação, empenho, perspicácia e qualidade do trabalho, que resultou na solução rápida do caso.”