capa

Homem procurado por estuprar mulher dentro de carro e gravar crime se entrega à Polícia

Acompanhado de seu advogado, suspeito de 47 anos se apresentou à Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher

Por
Correio do Povo

Ele será indiciado por estupro de vulnerável, divulgação de cena de estupro e, possivelmente, furto

publicidade

O homem de 47 anos apontado como responsável por estuprar uma mulher dentro de um carro, filmar a violação e divulgar a gravação na internet se entregou neste domingo à Polícia Civil. Ele teve a prisão preventiva decretada na quinta-feira e se apresentou nesta manhã à Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), junto de seu advogado. Ele será indiciado por estupro de vulnerável – pena de até 15 anos –, divulgação de cena de estupro – prisão de um a cinco anos – e, possivelmente, furto.

O caso ocorreu no dia 26 de maio, quando o homem se aproximou de um veículo atravessado na Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, em Porto Alegre, e deparou com um casal desacordado que havia saído de uma festa e consumido bebida alcoólica em excesso. Ele, então, abusou da mulher de 37 anos. No dia seguinte, ela procurou a Deam.

Sob o comando da titular desta delegacia, Tatiana Bastos, as diligências ainda investigam a participação de um segundo homem, uma vez que, no vídeo, é possível ouvir vozes e observar uma pessoa mexendo em objetos dentro do veículo. A delegada citou ainda que imagens de câmeras de monitoramento na área estão sendo vasculhadas, entre outras diligências, muitas delas mantidas em sigilo. “Ninguém nos procurou como testemunha do fato”, constatou. O inquérito deve ser concluído em um mês.