Homem que estuprou mulher em Porto Alegre seria procurado por traficantes
capa

Homem que estuprou mulher em Porto Alegre seria procurado por traficantes

Segundo informações, estaria sendo oferecida uma suposta recompensa

Por
Correio do Povo

Delegada Tatiana Bastos investiga caso que é tratado como estupro de vulnerável


publicidade

O homem que filmou e estuprou uma mulher desacordada dentro de um veículo pode não estar sendo procurado apenas pela Polícia Civil. Rumores de uma suposta recompensa de pagamento de R$ 2 mil, oferecida por traficantes que já descobriram quem é o indivíduo, circulam nas redes sociais. Na quarta-feira, a titular da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (DEAM) de Porto Alegre, delegada Tatiana Bastos, havia alertado sobre qualquer tipo de linchamento público. “Quem cometer qualquer conduta contra esse agressor, justiça ou vingança privada, responderá criminalmente. Não existe legitimidade legal para isso”, advertiu na ocasião.


O caso está sendo tratado no inquérito como estupro de vulnerável pois a vítima encontrava-se desacordada e não tinha nenhuma capacidade de oferecer resistência. A pena de prisão do autor do crime, que está foragido, pode chegar até 15 anos. Quem divulgar e compartilhar os vídeos feitos pelo abusador também pode ser penalizado com até cinco anos de cadeia. As imagens da mulher nua e de seu acompanhante, ambos inconscientes, no interior de um automóvel atravessado na madrugada da última segunda-feira na avenida Baltazar de Oliveira Garcia, em Porto Alegre, circulam nas redes sociais.