capa

Homem que fez ex-enteada de refém responderá por tentativa de homicídio de policiais

Estojo vazio e cartuchos intactos foram encontrados no meio de folhagens da residência em Nova Santa Rita

Por
Correio do Povo

No momento da rendição, o criminoso entregou a arma com apenas um projétil intacto

publicidade

Além de cárcere privado contra menor de idade, a Polícia Civil vai indiciar por tentativa de homicídio contra policiais militares o homem que manteve três crianças reféns por cerca de cinco horas desde a noite de terça-feira em Nova Santa Rita. A informação é do delegado Cleomar Marangoni.

Na manhã desta quarta-feira, os agentes encontraram um estojo vazio e cartuchos intactos do revólver calibre 38 usado pelo indivíduo. A munição estava no meio das folhagens na frente da residência situada no loteamento Lago Califórnia, onde mora a ex-namorada com os três filhos dela. Trata-se da prova material de que o indivíduo, de 37 anos, realmente atirou contra os brigadianos que chegaram primeiro no local.

No momento da rendição, o criminoso entregou a arma com apenas um projétil intacto. Para o delegado Cleomar Marangoni, ele jogou fora a munição antes de ser preso em flagrante. O porte ilegal de arma deve também fazer parte do indiciamento.

Levado na delegacia, o indivíduo não manifestou-se no depoimento. Segundo o delegado Cleomar Marangoni, o indivíduo teve um relacionamento com a ex-namorada durante um ano e meio. “Ele avisou que ia dar um presente no Dia dos Namorados e ela não queria. Ele foi lá para matá-la”, afirmou.

No início da noite de terça-feira, o homem ficou escondido em um matagal nas imediações de uma parada de ônibus com o objetivo de abordar a ex-namorada que retornaria do trabalho. Uma mulher, parecida com ela, desceu de um coletivo e ele a atacou. Ao perceber o engano, ele largou a vítima que saiu correndo e pediu ajuda à Brigada Militar. O criminoso correu então até a residência da ex-namorada, mas ela não havia ainda chegado. O homem manteve então reféns as três crianças.

Os policiais militares do 15 BPM chegaram e foram alvo de disparo. O local foi cercado pelo efetivo da BM. Duas crianças foram libertadas depois na troca por uma carteira de cigarros, mas o homem permaneceu com a terceira vítima, uma adolescente de 12 anos, dentro da casa.

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da BM foi acionado. As tensas negociações prosseguiram até o início da madrugada desta quarta-feira quando houve a rendição e homem desistiu da exigência de trocar a vítima de lugar com a ex-namorada.