Incêndio em cela do presídio de Palmeira das Missões deixa um morto e cinco feridos

Incêndio em cela do presídio de Palmeira das Missões deixa um morto e cinco feridos

Caso aconteceu na noite de segunda-feira; de acordo com a Susepe, a situação está controlada

Correio do Povo

Na cela de número três, agentes localizaram um túnel de 40 centímetros de diâmetro

publicidade

Um incêndio na cela de número oito do presídio de Palmeira das Missões causou a morte de um detento e deixou outros cinco feridos na noite de segunda-feira. De acordo com a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), Airton Correa Bueno morreu após inalar fumaça. Ele teria colocado fogo em colchões, pois agentes penitenciários teriam negado atendimento médico fora do presídio.

Ele e outros cinco detentos que estavam na cela inalaram fumaça e tiveram que ser encaminhados ao hospital. Ainda na madrugada, Bueno não resistiu aos ferimentos e morreu. De acordo com a Susepe, um dos detentos teve alta na manhã de hoje, sendo que os demais ainda seguem em observação na casa de saúde.

Segundo a Susepe, um procedimento administrativo disciplinar será instaurado para apurar o fato. 

Detentos cavavam túnel

Em outra cela, na de número três, os agentes penitenciários encontraram, na noite de ontem, um túnel que estava sendo cavado pelos detentos. O buraco tinha cerca de 40 centímetros de diâmetro. De acordo com a Susepe, não há relação entre o túnel e o tumulto da outra cela, que causou a morte de Bueno.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895