Mais de 670 munições são encontradas após confronto com a BM em Tramandaí

Mais de 670 munições são encontradas após confronto com a BM em Tramandaí

Um dos presos esteve envolvido em um latrocínio em junho de 2017, cuja vítima foi um brigadiano aposentado e esposa

Correio do Povo

Houve ainda apreensão de carabina, carregadores, toucas ninjas, luvas pretas, calças e camisetas camufladas

publicidade

Mais de 670 munições foram apreendidas com dois suspeitos após confronto com o efetivo do 2° Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (2°BPAT) da Brigada Militar em Tramandaí, no Litoral Norte. Um dos presos, de 22 anos, já havia sido detido por envolvimento em um latrocínio ocorrido na noite de 7 de junho de 2017. 

As vítimas foram o policial militar aposentado Deoclécio Santos Silveira Filho, 67 anos, e a esposa dele, Maria Márcia dos Santos Duran, 65 anos, que residiam em uma casa na rua Rio Grande do Sul, no bairro Nova Tramandaí.

Os corpos do casal, com marcas de tiros, foram encontrados no porta-malas do Chevrolet Agile, de propriedade do brigadiano inativo. O veículo foi localizado abandonado na rua Honório Lemos, no bairro São Francisco 2. Na época, as investigações apontaram que Deoclécio Santos Silveira Filho teria sido morto após ter sido descoberta a ligação dele com a BM.

Além do criminoso preso, que tinha 17 anos na ocasião, um cúmplice de participação no crime foi também capturado. Já um casal foi detido por receptação dos 125 pertences roubados da casa das vítimas.

De acordo com a Brigada Militar, o confronto com o criminoso ocorreu na tarde dessa quarta-feira na rua Arroio do Meio, esquina com a avenida Vereador Ivo Schneider, no bairro Oásis, em Tramandaí. Com extensa ficha criminal, ele não aceitou a abordagem do efetivo do 2º BPAT e desferiu tiros contra os policiais militares, que revidaram e o balearam. O bandido ferido foi socorrido e encaminhado ao hospital.

Um cúmplice dele, de 52 anos, também com vários antecedentes, não ofereceu resistência ao ser detido. O efetivo do 2º BPAT apreendeu uma carabina de calibre nove milímetros com 672 munições, seis carregadores de carabina, toucas ninjas, luvas pretas, calças e camisetas camufladas, dois telefones celulares, quatro porções de cocaína e R$ 32,00 em dinheiro.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895