Motorista de aplicativo é preso por suspeita de estupro contra passageiras em Porto Alegre

Motorista de aplicativo é preso por suspeita de estupro contra passageiras em Porto Alegre

Investigação foi realizada pela 1ª Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher

Correio do Povo

Cinco vítimas já foram identificadas pelos policiais civis

publicidade

A Polícia Civil anunciou a prisão de um motorista de aplicativo suspeito de estuprar as passageiras em Porto Alegre. Após investigação, os agentes da 1ª Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (1ª Deam), sob comando da delegada Jeiselaure Rocha de Souza, localizaram e detiveram o indivíduo, de 30 anos, na noite de segunda-feira. Ele teve a prisão preventiva decretada.

Segundo a titular da 1ª Deam, cinco vítimas já foram identificadas. Conforme a investigação, o acusado se utilizava do fato de ser motorista de aplicativo para abordar e posteriormente abusar sexualmente das passageiras. “Ressalta-se que o mesmo já havia figurado como acusado em outros quatro inquéritos policiais, todos pelo delito de estupro”, observou.

“Vale destacar que foi autorizada a coleta de material genético do agressor para fins de comparação com outros inquéritos que investigam esse mesmo delito”, acrescentou a delegada Jeiselaure Rocha de Souza. De acordo com ela, o preso também possui antecedentes criminais pelo delito de receptação.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895