Mulher é suspeita de esfaquear e matar motorista em Porto Alegre

Mulher é suspeita de esfaquear e matar motorista em Porto Alegre

Vizinhos ouviram a suspeita mandar o homem "calar a boca" e fugir com o veículo da vítima depois do crime

Por
Correio do Povo

Brigada Militar e Polícia Civil, além do Instituto-Geral de Perícias, atenderam a ocorrência

publicidade

Uma mulher é suspeita de ter esfaqueado e matado o motorista de aplicativo Ozi Silveira de Vargas, 54 anos, no início da madrugada desta terça-feira no Morro da Cruz, no bairro São José, em Porto Alegre. Com marcas de duas facadas, a vítima foi encontrada caída no pátio da casa dos fundos em que residia havia cerca de 15 dias na rua Padre Mascarenhas.

Policiais militares do 19º BPM compareceram no local e isolaram para o trabalho do Instituto-Geral de Perícias. Uma equipe volante da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento da Polícia Civil também foi acionada na ocorrência.

De acordo com a vizinhança, a mulher teriam discutido e mandou inclusive o homem “calar a boca”. Após o crime, ela teria fugido no Chevrolet Classic da vítima. O delegado João César Nazário, que esteve no local, não acredita que se trate de um latrocínio apesar do veículo ter sido levado embora.

Já na noite dessa segunda-feira, uma mulher que havia sido esfaqueada morreu durante atendimento médico no Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul. Alguém levou a vítima até o posto de saúde. A Brigada Militar e a Polícia Civil foram comunicadas do caso.


Interior

Em Espumoso, um indivíduo foi assassinado com vários golpes de faca na madrugada desta terça-feira. O crime ocorreu em uma residência na avenida Fernando Ferrari, no bairro Maravalha. A vítima teria se envolvido em uma discussão com outro homem que estava na casa. O autor do homicídio já foi identificado.