Operação é deflagrada contra traficantes que torturaram homem em Porto Alegre

Operação é deflagrada contra traficantes que torturaram homem em Porto Alegre

Tiros foram dados nas mãos da vítima, confundida como informante de outra facção, após julgamento sumário

Correio do Povo

Cerca de R$ 8 mil em dinheiro e sete telefones celulares foram apreendidos

A Polícia Civil desencadeou ao amanhecer desta sexta-feira a operação Dandara em Porto Alegre. A ação foi coordenada pela 1ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (1ª DPHPP) sob comando do delegado Guilherme Gerhardt. Os agentes prenderam dois criminosos e apreenderam cerca de R$ 8 mil em dinheiro, provenientes da movimentação do narcotráfico, além de recolherem sete celulares até o momento. Um terceiro indivíduo está foragido. Sete mandados de busca e apreensão e outros três mandados de prisão preventiva foram cumpridos na área. 

A operação acontece no âmbito da investigação sobre um crime de tortura ocorrido em dezembro do ano passado, quando um homem foi torturado por traficantes no bairro Lomba do Pinheiro. Em julgamento sumário pelo tribunal do tráfico de drogas local, ele foi obrigado a mostrar as mãos que foram lesionadas por disparos de arma de fogo.

Segundo o delegado Guilherme Gerhardt relatou à reportagem do Correio do Povo, a vítima passava por uma área de venda de entorpecentes no acesso Dandara e os traficantes desconfiaram que pudesse ser um "informante" de outra facção criminosa pois não seria conhecido da região. A investigação apontou que a ordem do castigo foi enviada por um telefone celular por detentos do sistema prisional. No total existem cinco criminosos sendo investigados pela equipe da 1ª DPHPP.


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895