Operação apreende mais de 24,7 toneladas de maconha na cidade de Rancho Queimado, em Santa Catarina

Operação apreende mais de 24,7 toneladas de maconha na cidade de Rancho Queimado, em Santa Catarina

Avaliada em R$ 24 milhões, droga estava escondida sob soja em carreta bitrem abordada na BR 282

Correio do Povo

Vindo do Mato Grosso do Sul, entorpecente iria para Palhoça

publicidade

Uma das maiores apreensões de drogas já registradas em Santa Catarina ocorreu durante uma operação conjunta entre Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Federal (PF). Houve apoio ainda da Polícia Militar (PMSC). Na BR 282, em Rancho Queimado, uma carreta bitrem foi interceptada com mais de 24,7 toneladas de maconha. O flagrante do entorpecente, avaliado em R$ 24 milhões, ocorreu na tarde da última quarta-feira.

A droga encontrava-se escondida sob uma carga de grãos de soja de um caminhão Scania, com placas de Abelardo Luz (SC). Os fardos com entorpecentes estavam marcados com figuras diferentes, o que demonstra pertencerem a grupos criminosos distintos ou a locais de entrega pré-definidos.

O trabalho de contagem do peso do entorpecente durou mais de sete horas. O carregamento de maconha vinha de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, e seria descarregado em Palhoça (SC) para posterior distribuição. O motorista, um catarinense de 32 anos, foi preso por narcotráfico.

A soja tinha nota fiscal destinada a São Francisco do Sul. As investigações terão prosseguimento pela Polícia Federal com o objetivo de identificar mais envolvidos, qual organização criminosa e destino final de toda a maconha.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895