Operação combate vendas de anabolizante e testosterona em Sapucaia do Sul

Operação combate vendas de anabolizante e testosterona em Sapucaia do Sul

Duas farmácias e uma agropecuária estão sendo investigadas há três meses

Correio do Povo

Centenas de caixas e frascos foram apreendidas com notas fiscais, documentos e armas

publicidade

A venda ilegal de anabolizantes de uso pecuário, usados irregularmente para aumentar a força e o crescimento muscular, e aplicações do hormônio masculino testosterona, são investigadas pela Polícia Civil na Região Metropolitana de Porto Alegre. Na manhã desta quarta-feira, os agentes da 2ª DP de Sapucaia do Sul realizaram a operação Testosterona com o cumprimento de mandados de busca e apreensão em três estabelecimentos comerciais da cidade. Mais de 200 caixas e frascos dos produtos, além notas fiscais, documentos, uma pistola, um revólver e munições, foram recolhidas.

Os investigados são farmacêuticos e proprietários de duas farmácias no município. Uma agropecuária também é suspeita da venda do produto de uso no gado bovino. O trabalho policial começou há três meses a partir de denúncias sobre a venda das substâncias e também a aplicação por parte dos envolvidos.

Após um monitoramento da atividade ilícita, os policiais civis constataram a veracidade das denúncias e um grande movimento nos estabelecimentos. A estimativa dos policiais civis encarregados do caso é da venda de cerca de 500 anabolizantes por mês, além de aproximadamente 50 injeções em clientes no mesmo período.

O trabalho investigativo é conduzido pelo titular da 2ª DP de Sapucaia do Sul, delegado Thiago Carrijo. Já o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza, lembrou que foi “uma ação necessária tendo em vista o alto prejuízo para quem faz uso dessas drogas sem o regramento previsto”. Ele garantiu que a investigação prossegue para desarticular todo o esquema de venda.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895