Operação contra tráfico de drogas através das redes sociais é realizada no RS

Operação contra tráfico de drogas através das redes sociais é realizada no RS

Ação da Polícia Federal ocorreu em Gravataí e na cidade de catarinense de Palhoça, tendo dois suspeitos como alvos

Correio do Povo

Estufa com plantação era mantida por gaúcho na cidade catarinense

publicidade

O tráfico de drogas através das redes sociais, com cultivo próprio de maconha, foi alvo da Polícia Federal na manhã desta quarta-feira no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Houve o cumprimento de dois mandados judiciais em Gravataí (RS) e Palhoça (SC).

Dois indivíduos são investigados em cada cidade. Eles são suspeitos de participarem de uma organização criminosa responsável pela importação e venda de entorpecentes por redes sociais e envio por via postal através dos Correios.

Na cidade catarinense, os agentes localizaram uma estufa para o cultivo de maconha. Um gaúcho, de 33 anos, natural de Porto Alegre, foi preso no local. Ele foi identificado como responsável pelo plantio e comercialização do entorpecente. A plantação abastecia o Rio Grande do Sul e possivelmente outros estados por intermédio das redes sociais.

Já Gravataí, os agentes localizaram quem seria o comprador do fornecedor de Santa Catarina, sendo feito somente um termo circunstanciado por posse de droga. Nas buscas, os policiais federais recolheram ainda mídias e documentos dos dois investigados. O material será agora analisado. O trabalho investigativo terá prosseguimento.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895