Operação da PF investiga assalto à agência bancária em Canguçu
capa

Operação da PF investiga assalto à agência bancária em Canguçu

Ataque ocorreu em agosto de 2018 e, na ocasião, criminosos chegaram a formar um cordão humano para evitar as autoridades

Por
Correio do Povo

Roubo à agência bancária em Canguçu ocorreu em agosto do ano passado

publicidade

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta terça-feira, a Operação Jugular, que investiga o roubo à Caixa Econômica Federal da cidade de Canguçu, ocorrido em agosto de 2018. Na investida contra o banco, os criminosos utilizaram explosivos, armamento de grosso calibre e fizeram um cordão humano para impedir a ação das forças de segurança. Na fuga, um policial ficou ferido na troca de tiros e um criminoso foi morto.

A ação de hoje tem a participação de 50 policiais federais, que cumprem dez mandados de busca e apreensão nos estados do Rio Grande do Sul e do Mato Grosso do Sul, expedidos pela Justiça Federal de Pelotas. Os investigados poderão responder por roubo qualificado, associação criminosa, tentativa de homicídio, sequestro e dano ao patrimônio público.

A Jugular é uma importante veia responsável por transportar o sangue até o restante corpo, simbolizando a ligação da cabeça com outros membros. A referência se faz em razão do líder da quadrilha ter morrido.