Operação da Polícia Civil impõe revés na facção criminosa Os Manos
capa

Operação da Polícia Civil impõe revés na facção criminosa Os Manos

Farta quantia em dinheiro e armamento pesado foram descobertos em um sítio em Novo Hamburgo

Por
Correio do Povo

Dinheiro apreendido é oriundo do tráfico de drogas e surpreendeu os agentes

publicidade

Mais de R$ 385 mil em dinheiro e seis fuzis, sendo cinco de calibre 556 e um modelo AK-47, foram apreendidos pela Polícia Civil que desferiu um duro golpe em uma facção criminosa Os Manos que atua no Vale dos Sinos. A ação com amparo judicial, deflagrada pela 2ª DP de Novo Hamburgo, começou ainda na noite dessa quarta-feira em um sítio localizado no bairro Lomba Grande. Um indivíduo, de 40 anos, foi preso em flagrante por narcotráfico e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Segundo o delegado Márcio Niederauer, a mobilização é fruto de investigação do grupo criminoso ligado ao tráfico de drogas que atua na região. Ele observou que os seis fuzis estavam embalados e enterrados na propriedade rural. “O local vinha sendo monitorado havia algum tempo e já existia movimentação suspeita de que membros de um grupo criminoso usariam o sítio para recebimento de drogas e armas”, explicou.

Durante as buscas, em um primeiro momento, o dinheiro foi encontrado dentro da residência existente no sítio. “O dinheiro estava no quarto do indivíduo preso, em sacos pretos e enrolados em um plástico azul”, observou o delegado Márcio Niederauer. Nas buscas na área, o armamento foi então descoberto pelos agentes. “Foram encontrados enterrados em uma espécie de galpão”, ressaltou. Sobre o indiciamento do criminoso também por narcotráfico, o titular da 2ª DP de Novo Hamburgo esclareceu que existem elementos indicando que o dinheiro apreendido é oriundo do comércio de entorpecentes.