PF de Santa Catarina investiga origem de esmeraldas apreendidas com gaúcho

PF de Santa Catarina investiga origem de esmeraldas apreendidas com gaúcho

Gemas estavam dentro de veículo abordado pela PRF e Receita Federal na BR 101, em Palhoça

Correio do Povo

Responsável pelas gemas alegou que seriam usadas na compra de imóvel

publicidade

A Polícia Federal de Santa Catarina vai investigar a origem das 543 pedras de esmeralda apreendidas em um Chevrolet Cruze, com placas de Alvorada, Região Metropolitana de Porto Alegre, nessa sexta-feira. Durante a operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Receita Federal, duas pessoas foram presas, na BR 101, em Palhoça. 

Segundo os policiais, as gemas estavam dentro de dois pequenos pacotes no console central do carro. O passageiro justificou que ele seria o proprietário de uma empresa de comércio de joias em Farroupilha, no Rio Grande do Sul, e que carregava consigo as pedras para realizar a compra de um imóvel na região da Grande Florianópolis e Balneário Camboriú. 

Por não haver confirmação da procedência das esmeraldas e diante da suspeita de algo ilícito, o motorista e o passageiro foram encaminhados à Polícia Federal em Florianópolis por suspeita de usurpação de bem ou matéria-prima da União e transporte de mercadoria nacional sem nota fiscal.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895