Polícia Civil cumpre ordens judiciais e prende pai e filho que mataram vizinho em Capão do Leão

Polícia Civil cumpre ordens judiciais e prende pai e filho que mataram vizinho em Capão do Leão

Vítima foi esfaqueada e baleada por causa dos cavalos que teriam pisado no gramado da casa dos acusados

Correio do Povo

Espingarda e facas foram apreendidas na ação

publicidade

Pai e filho foram presos por homicídio qualificado na manhã desta quarta-feira pela Polícia Civil de Capão do Leão. Eles são acusados de matarem um vizinho durante uma discussão por causa de cavalos, na noite de 19 de outubro passado, na esquina das ruas Doutor Edmundo Peres e José de Souza Mascarenhas, no bairro Teodósio. O crime foi motivado por que os equinos da vítima teriam pisado no gramado da frente da residência dos acusados.

Os dois autores do homicídio foram detidos pelos agentes, sob comando do delegado Sandro Bandeira, que cumpriram os mandados de busca e apreensão e ainda de prisão preventiva. Houve a apreensão de uma espingarda, quatro facas, três celulares e um computador, entre outros objetos.

As investigações apontaram que Filipe Nunes, 33 anos, não esboçou qualquer reação após ser agarrado pelo pescoço e levar duas facadas do vizinho durante a discussão. Já o filho deste efetuou seis disparos de arma de fogo. O assassinato ocorreu diante da mãe, da esposa e das filhas pequenas da vítima que, mesmo socorrida pelo Samu, não resistiu aos graves ferimentos.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895