Polícia Civil deflagra operação contra o tráfico de drogas em Guaíba

Polícia Civil deflagra operação contra o tráfico de drogas em Guaíba

Família que comanda grupo de narcotráfico é o principal alvo da ação

Correio do Povo

Houve o cumprimento de 33 ordens judiciais, sendo 18 de busca e apreensão e 15 de prisão preventiva.

publicidade

A Polícia Civil deflagrou a operação Senhor do Bom Fim II no início da manhã desta segunda-feira em Guaíba. O objetivo da ação, comandada pela delegada Karoline Calegari, é desarticular um esquema de distribuição de drogas na cidade. Houve o cumprimento de 33 ordens judiciais, sendo 18 mandados de busca e apreensão e outros 15 mandados de prisão preventiva. Doze criminosos foram presos.

O foco principal desta etapa da investigação foi uma família envolvida com o narcotráfico. Quatro mandados de prisões preventivas e dois mandados de busca e apreensão foram direcionados para o núcleo familiar. Os policiais civis capturaram um casal, a filha e o marido, o irmão dela e uma cunhada.Na ação desta segunda-feira, os alvos também foram distribuidores de entorpecentes.

A investigação já dura 14 meses, sendo iniciada em agosto do ano passado quando dois indivíduos foram presos preventivamente e dois adolescentes flagrados com entorpecentes, dinheiro e arma em um dos pontos de tráfico do bairro Bom Fim.

Em setembro deste ano, na primeira etapa da operação, uma das principais lideranças do tráfico naquela área foi capturada. Durante o trabalho investigativo, mais um dos integrantes do grupo foi preso por roubo a um estabelecimento comercial.

A ação mobilizou 101 agentes em 30 viaturas e teve participação da equipe tática da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) e apoio aéreo do helicóptero. A delegada Karoline Calegari assegurou que “as investigações irão continuar e que a ideia é retirar os criminosos de circulação”. Já o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza, enfatizou que “o objetivo é desarticular o esquema criminoso”.
 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895