Polícia Civil fecha casa geriátrica clandestina em Balneário Pinhal, no Litoral Norte

Polícia Civil fecha casa geriátrica clandestina em Balneário Pinhal, no Litoral Norte

Quatro idosos estavam em precárias condições de higiene e alimentação

Correio do Povo

Os agentes encontraram alimentos vencidos e ambiente sujo

publicidade

Estão bem os quatro idosos retirados de uma casa geriátrica clandestina em Balneário Pinhal, no Litoral Norte. A informação é da Polícia Civil através de uma nota oficial. Todos foram encaminhados para os familiares. Um deles estava inclusive na condição de pessoa desaparecida.

A ação que flagrou o estabelecimento irregular foi realizada pela DP de Balneário Pinhal, em conjunto com Ministério Público do Rio Grande do Sul, Brigada Militar e Prefeitura Municipal, na tarde da última quarta-feira.

Conforme os policiais civis, o local irregular estava “em situação precária de higiene e alimentação, inclusive com produtos alimentícios com a validade vencida, além da livre circulação de animais, presença de fezes em área de convivência dos idosos, forte odor de animais e de podridão”.

De acordo com os agentes da DP de Balneário Pinhal, não foi possível verificar até o momento se os idosos receberam as vacinas contra Covid-19, pois não possuem carteira de vacinação. “Os responsáveis pelo local, entre eles uma técnica de enfermagem, foram conduzidos à delegacia para os atos de polícia judiciária e responderão pelo crime de maus tratos contra idosos”, informaram na nota oficial.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895