Polícia Civil indicia novamente homem que ameaçava agente e moradores de condomínio em Porto Alegre

Polícia Civil indicia novamente homem que ameaçava agente e moradores de condomínio em Porto Alegre

Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) pediu mais uma vez também a prisão do indivíduo

Correio do Povo

Em junho do ano passado, a equipe tática apreendeu munições, facões e um simulacro de arma de fogo

publicidade

A Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) da Polícia Civil indiciou novamente o homem, de 42 anos, que efetuava ameaças a um agente de uma outra delegacia de corporação e também a moradores de um condomínio na avenida Oscar Pereira, no bairro Azenha, em Porto Alegre. No final do ano passado, o indivíduo havia sido acusado por porte ilegal de munição, resistência e desobediência.

O diretor do Grupamento de Operações Especiais da CORE, delegado Marco Antônio Duarte de Souza, explicou que o novo indiciamento será pelos crimes de coação no processo, ameaças e perturbação da tranquilidade e sossego alheio. “Foi solicitada nova prisão”, frisou à reportagem do Correio do Povo. “Ele coagiu possíveis testemunhas daquele processo e o inclusive o policial”, observou.

Conforme o delegado Marco Antônio Duarte de Souza, o homem alegava ser vinculado a uma facção criminosa e dizia andar armado, ameaçando e aterrorizando o conjunto residencial, bem como promovendo festas na noite e madrugada.

Nas buscas realizadas em junho do ano passado no apartamento do investigado, a equipe tática da CORE apreendeu munições, facões e um simulacro de arma de fogo. No momento das buscas, o acusado investiu contra a equipe policial e teve de ser contido.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895