Polícia Civil investiga compra de veículo de luxo por ex-vice prefeito de Alpestre

Polícia Civil investiga compra de veículo de luxo por ex-vice prefeito de Alpestre

Investigação do Deic aponta que Toyota Hilux SW4 está avaliado em cerca de R$ 234 mil

Correio do Povo

Automóvel foi adquirido em nome de um familiar em um primeiro momento

publicidade

O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil cumpriu na manhã desta quarta-feira dois mandados de busca e apreensão na cidade de Alpestre. O objetivo é o de colher “maiores elementos de prova da prática de eventual crime de lavagem de dinheiro perpetrado por ex-vice prefeito daquele município”. A operação Alpes foi deflagrada pela Delegacia de Polícia de Repressão ao Crime de Lavagem de Dinheiro da Divisão Estadual de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro do Deic, sob coordenação do delegado Marcus Viafore.

A investigação começou por meio de requisição do Ministério Público do Rio Grande do Sul em razão da compra por parte do investigado de um veículo de luxo, modelo Toyota Hilux SW4, avaliado em cerca de R$ 234 mil. O carro foi ocultado inicialmente em nome de um familiar. A suspeita é de que foi adquirido com os valores obtidos de forma ilícita pelo investigado, decorrentes de “crimes licitatórios, corrupção passiva, concussão e de participação em organização criminosa perpetrados entre os anos de 2013 a 2017, pelos quais já foi denunciado pelo Ministério Público”.

O automóvel retornou depois formalmente mais tarde ao patrimônio do ex-vice prefeito. Os agentes da Delegacia de Polícia de Repressão ao Crime de Lavagem de Dinheiro não descartam que outros atos de lavagem de capitais tenham sido cometidos e por isso estão sendo apurados.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895