Polícia Civil lança cartilha de alerta para golpes na internet durante pandemia do novo coronavírus
capa

Polícia Civil lança cartilha de alerta para golpes na internet durante pandemia do novo coronavírus

Documento digital, disponível no site da instituição, traz dicas de prevenção e segurança

Por
Correio do Povo

Quinze dos principais golpes que mais vitimam gaúchos são explicados ao público


publicidade

Uma cartilha alertando para golpes na internet foi produzida pela Polícia Civil para ajudar a barrar os crimes de estelionato que têm se propagado no mundo virtual, principalmente neste período em qie mais pessoas utilizam a internet em meio à pandemia do novo coronavírus. O documento com um total de 18 páginas, com várias dicas de prevenção e segurança, foi lançado oficialmente nesta quinta-feira e está disponível para download no site da instituição.

Quinze dos principais golpes que mais vitimam gaúchos na internet têm modus operandi esmiuçado pela cartilha que também traz dicas para não cair no conto do vigário. Entre os golpes, estão os do "bilhete premiado" e do "auxílio emergencial", além da "clonagem do WhatsApp". Especificamente nesse último caso, as pessoas que informam o número de contato do WhatsApp em sites de vendas, por exemplo, abrem margem para que golpistas se passem por funcionários da plataforma e entrem em contato.

O falso colaborador informa que para o anúncio ser validado, ele necessita de um código que chegará via SMS (mensagem de texto) no celular. Nesse instante, o criminoso tenta logar no WhatsApp com o número da outra pessoa, o que faz com que o aplicativo envie para a vítima uma mensagem com um código de verificação. Erroneamente, quando esse número, que é o código de segurança do aplicativo, chega no celular da vítima, ela o passa para o criminoso, tornando possível ao fraudador concluir a clonagem do número.


"Cuidado nunca é demais e, nesse contexto de internet, a informação é uma arma poderosa que pode prevenir o cometimento de inúmeros crimes. Agora, quando o delito se concretiza, a população precisa entender que a Polícia Civil estará ao seu lado", assegurou a Chefe de Polícia Civil, delegada Nadine Tagliari Farias Anflor.