Polícia Civil prende companheira de mãe suspeita de matar filho em Imbé

Polícia Civil prende companheira de mãe suspeita de matar filho em Imbé

Mulher teve a prisão temporária decretada neste domingo

Correio do Povo

Polícia Civil prende companheira de mãe suspeita de matar filho em Imbé

publicidade

A companheira da mãe suspeita de ter matado o próprio filho em Imbé, no Litoral Norte, foi presa pela Polícia Civil neste domingo. A mulher chegou a ser liberada no dia do flagrante do crime, mas a Corporação decidiu decretar a prisão temporária. 

O crime ocorre na semana passada. Em depoimento, ela contou aos policiais que administrou uma medicação para a criança de sete anos. Depois disso, com o menino inconsciente, ela o colocou dentro de uma mala antes de jogá-la nas águas. 

O assassinato foi descoberto quando a mãe e a companheira compareceram no final da noite da última quinta-feira na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Tramandaí, com o objetivo de registrar o desaparecimento da criança ocorrido há dois dias. Os policiais militares do 2º BPAT, que faziam uma outra ocorrência no local, manifestaram interesse em ajudar a mãe e fizeram algumas perguntas.

Sobre a demora no registro, a mãe alegou que tinha visto no Google que devia esperar 48 horas para fazer o registro. No entanto, a companheira dela acabou falando espontaneamente que o menino estava na mala e foi colocado no rio. 

As buscas ao menino ainda seguem no rio Tramandaí. Seis embarcações estão vasculhando as águas desde sábado, sendo três delas do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS) com efetivos do 9º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM) e mergulhadores da Companhia Especial de Busca e Resgate (CEBS) de Porto Alegre.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895