Polícia Civil prende companheiro de técnica de enfermagem suspeita de furtar aparelhos de hospital

Polícia Civil prende companheiro de técnica de enfermagem suspeita de furtar aparelhos de hospital

Investigação da Draco de Viamão apontou que suspeito anunciava os equipamentos em plataformas digitais e no WhatsApp

Correio do Povo

Prejuízo do Hospital de Cardiologia de Viamão é de mais de R$ 250 mil

publicidade

A Polícia Civil anunciou a prisão do companheiro da técnica de enfermagem que é suspeita de furto e venda de equipamentos da UTI Covid do Hospital de Cardiologia de Viamão. O suspeito, de 29 anos, foi detido nessa segunda-feira em um desdobramento da operação Antídoto.

A ação foi realizada pelos agentes da Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Viamão, coordenados pelo delegado Eduardo Limberger do Amaral. Até o momento, os policiais civis já recuperaram 15 equipamentos e identificados cinco receptadores, sendo quatro veterinários gaúchos e um médico baiano. Atualmente, o prejuízo da instituição hospitalar está avaliado em mais de R$ 250 mil.

De acordo com a investigação, o suspeito seria responsável por confeccionar anúncios dos equipamentos furtados pela companheira em plataformas digitais. Ele também oferecia os aparelhos em grupos de WhatsApp, principalmente para clínicas veterinárias com internação de cães e gatos. O investigado foi reconhecido também como o indivíduo que entregava os equipamentos, explicava o seu uso e recebia os valores acordados.

Os agentes da Draco de Viamão apuraram que o furto de 34 equipamentos hospitalares incluíram bombas de infusão de medicamentos e eletrocardiógrafos.

A técnica de enfermagem, de 24 anos, foi presa no dia 12 deste mês. Ela teria subtraído os equipamentos ao longo de, ao menos, oito meses. Os aparelhos eram vendidos por um valor muito inferior ao de mercado nas plataformas digitais e grupos de WhatsApp. O trabalho investigativo terá prosseguimento.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895