Polícia Civil prende empresário por furto de chopeiras dos concorrentes
capa

Polícia Civil prende empresário por furto de chopeiras dos concorrentes

Ação da 1ª DP de Canoas resultou ainda na apreensão de quatro equipamentos

Por
Correio do Povo

Investigação prossegue para identificar também quem cometeu os furtos das choperias

publicidade

Um empresário foi preso pela Polícia Civil sob acusação de envolvimento com o furto de chopeiras dos concorrentes em Canoas. Ele é dono de uma distribuidora de bebidas e suspeito de utilizar os equipamentos para lucrar com o aluguel dos mesmos em eventos e festas particulares na Região Metropolitana. As investigações da 1ª DP de Canoas já duram cerca de um mês e identificaram até o momento três vítimas que atuam no mesmo setor. “Estima-se que os objetos recuperados valham cerca de R$ 15 mil”, afirmou o delegado Rafael Pereira. “Esse tipo de crime tem sido recorrente”, constatou.

 A ação teve início ainda na noite de quinta-feira e estendeu-se até a madrugada desta sexta-feira. Quatro chopeiras furtadas foram apreendidas. O empresário preso responderá pelo crime de receptação. O trabalho investigativo começou quando uma das vítimas, proprietária de uma distribuidora de chope, compareceu na 2ª DP de Canoas. Os policiais civis iniciaram as diligências e identificaram o suspeito de estar com as chopeiras cujos furtos foram cometidos por outros indivíduos.