Polícia Civil prende homem suspeito de estuprar mulher grávida em Novo Hamburgo
capa

Polícia Civil prende homem suspeito de estuprar mulher grávida em Novo Hamburgo

De acordo com a delegada Raquel, homem foi reconhecido pela vítima e foi encaminhado ao sistema penitenciário

Por
Franceli Stefani

publicidade

O homem que estuprou uma mulher grávida na passarela Osvaldo Kaiser, localizada no bairro Primavera, em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, foi preso pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) na última sexta-feira. Identificado pela Polícia Civil como Joel Moraes Alves, 33 anos, foi reconhecido pela vítima de 25 anos e encaminhado para o sistema penitenciário gaúcho.

A titular da Deam, delegada Raquel Peixoto, detalhou que a vítima foi chamada até a delegacia e reconheceu o acusado, primeiro através do álbum de imagens da seção de investigações, depois durante reconhecimento pessoal. “Nós fizemos o pedido de prisão e o judiciário acatou rapidamente. Ele relatou, durante depoimento, que acabara de sair do sistema penitenciário. Alves tem uma extensa ficha criminal”, detalhou. Atualmente, o capturado não tinha endereço fixo e vivia nas ruas do município.

Conhecido como Bilde, a delegada detalhou que ele abordou a mulher e a ameaçou com uma tesoura, no sábado, dia 5, por volta das 10h30min. Durante o depoimento ele negou a autoria do crime. “O local em que ela foi abordada é ermo, com bastante vegetação e pouca iluminação. A passarela tem acesso pela rua Boa Saúde”, detalhou. Não é a primeira vez que ocorrências semelhantes são registradas no local. No ano passado, outras duas vítimas foram rendidas e estupradas. O autor do crime está preso desde então.

A passarela é conhecida como ponto de insegurança de Novo Hamburgo, já que muitos moradores de rua ocupam a região. Em 2018 a polícia informou que pelo menos 28 estupros foram registrados nos últimos 20 anos.