Polícia Civil prende suspeito de morte de médica veterinária em Gravataí

Polícia Civil prende suspeito de morte de médica veterinária em Gravataí

Crime ocorreu em maio, no bairro Parque dos Anjos

Correio do Povo

Câmera conseguiu registrar momento do crime

publicidade

A Polícia Civil confirmou na manhã desta quinta-feira a prisão do possível autor da morte da médica veterinária Bruna da Silva Fernandes, 33 anos, durante roubo na noite de 14 de maio deste ano no bairro Parque dos Anjos, em Gravataí. O latrocínio chocou a cidade. A vítima tinha envolvimento na luta pelos direitos dos animais.

O suspeito, de 28 anos, foi detido na última quarta-feira pelos agentes da 1ª DP de Gravataí, coordenada pelo delegado Maurício Arruda. Houve o cumprimento do mandado judicial de prisão temporária. No último dia 3 deste mês, outro suspeito já havia sido preso temporariamente pelos policiais civis, tendo posteriormente a prisão preventiva decretada.

Segundo o delegado Maurício Arruda, o suspeito preso agora é foragido de um homicídio, cuja vítima foi um motoboy. O acusado possui um mandado de prisão preventiva em aberto por causa desse crime. “A Polícia Civil trabalha incessantemente desde o dia dos fatos no intuito de apurar a autoria dos crimes que revoltaram toda a população do Estado e contribuir para que todos os envolvidos sejam devidamente responsabilizados”, destacou.

Quase 20 testemunhas já foram ouvidas, além de diligências, muitas das quais permanecem em sigilo. Durante a investigação, diversos mandados de busca e apreensão foram cumpridos. “No decorrer das investigações foram identificados três indivíduos com participação no crime, os quais após terem sido reconhecidos pelas vítimas, tiveram suas prisões cautelares representadas e deferidas pelo Poder Judiciário”, observou. A apuração do crime prossegue.

O latrocínio ocorreu após um assalto a um mercado no bairro Girassol, no fim da tarde de sábado. Três criminosos chegaram em Ford Ka para cometerem o roubo. O veículo havia sido roubado horas antes na avenida Ceará, no bairro São João, em Porto Alegre.

Veja Também

Na fuga, eles colidiram o Ford Ka em um Renault Kwid. Na rua Horácio Antônio Gomes, no bairro Parque dos Anjos, os bandidos tentaram roubar um Volkswagen Fox e efetuaram disparos contra o veículo, mas a condutora não foi atingida.

Em seguida, eles abordaram e levaram o Fiat Argo, conduzido pela médica veterinária. A vítima foi baleada por dois tiros. Ela chegou a ser encaminhada ao Hospital Dom João Becker, mas não resistiu aos graves ferimentos. Policiais militares do 17º BPM compareceram ao local. Já a Guarda Municipal de Gravataí encontrou depois o Fiat Argo abandonado na rua Adolfo Inácio Barcelos, atrás do Ginásio Municipal de Esportes Aldeião, na área central de Gravataí. 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895