Polícia Civil prende três suspeitos de envolvimento na morte da professora Cíntia Rosa da Silva

Polícia Civil prende três suspeitos de envolvimento na morte da professora Cíntia Rosa da Silva

Grávida de sete meses, vítima foi atingida por bala perdida na rua Orfanotrófio, no bairro Cristal

Correio do Povo

Houve o cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão e três de prisão em Porto Alegre, Viamão e Sapucaia do Sul

publicidade

Três suspeitos de envolvimento na morte da professora Cíntia Rosa da Silva, 29 anos, grávida de sete meses, foram presos pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira em Porto Alegre. A operação Netuno foi deflagrada pela 6ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa da Capital e Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Viamão, com apoio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Na ação, os agentes cumpriram quatro mandados de busca e apreensão e de outros três de prisão em Porto Alegre, Viamão e Sapucaia do Sul. Houve a apreensão de roupas utilizadas pelo trio no dia do crime, ocorrido na noite de 28 de dezembro passado no bairro Cristal. A vítima foi atingida por uma bala perdida na rua Orfanotrófio.

A diretora do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, delegada Vanessa Pitrez, explicou que os tiros foram dados durante “uma disputa entre duas organizações criminosas”. Segundo ela, um dos grupos controlar os pontos de drogas dos rivais na área. “Em razão disto, houve uma represália na rua Orfanotrófio, onde o domínio do tráfico é exercido pela facção rival”, observou a delegada Vanessa Pitrez.

“Três vítimas acabaram sendo baleadas, uma delas sendo a professora atingida por bala perdida. O bebê foi retirado em um parto de emergência, mas veio a falecer um dia após a morte da mãe. Foi um fato de bastante relevância e causou comoção social”, complementou a diretora. Os outros dois feridos, ambos jovens, de 19 e de 20 anos, ficaram feridos, sendo hospitalizados.A investigação terá prosseguimento.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895