capa

Polícia Civil procura assaltante envolvido na morte de comerciante em Porto Alegre

Cúmplice no crime foi preso horas depois do latrocínio, ao buscar atendimento em posto

Por
Correio do Povo

publicidade

Os dois assaltantes que mataram o comerciante Genivaldo Bezerra Capito, 48 anos, no final da tarde de terça-feira no bairro Belém Velho, em Porto Alegre, já estão identificados. Um deles foi preso depois quando, ferido por um tiro efetuado pela vítima, buscou atendimento médico em um posto de saúde no bairro Lomba do Pinheiro. Ele foi então transferido, sob custódia, para o Hospital de Pronto Socorro. O outro cúmplice está sendo agora procurado pelos policiais civis.

O comerciante era proprietário de uma loja de presentes na estrada Costa Gama. A vítima foi baleada no rosto ao tentar reagir ao assalto, atirando seu revólver calibre 38 de porte legalizado. Os criminosos haviam abordado a esposa dele que estava atendendo no momento do crime. Horas antes, no início da tarde, um assaltante havia comparecido como se fosse cliente no estabelecimento comercial, acompanhado de uma mulher e uma criança. O objetivo era fazer um levantamento do local.

No final da tarde, ele retornou com o cúmplice. A dona do comércio abriu a porta e, em seguida, foi rendida. Genivaldo Bezerra Capito estava no segundo andar e percebeu a movimentação. Ele pegou sua arma e chegou a atirar na barriga de um dos assaltantes, sendo então atingido.