Polícia Civil resgata pássaros da fauna nativa mantidos em cativeiro ilegal em Porto Alegre

Polícia Civil resgata pássaros da fauna nativa mantidos em cativeiro ilegal em Porto Alegre

Ação da Delegacia do Meio Ambiente do Deic foi realizada no bairro Camaquã

Correio do Povo

Além das aves, os agentes aprenderam gaiolas e arapucas na residência

publicidade

A Delegacia do Meio Ambiente do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil resgatou nove pássaros silvestres durante mais uma edição da operação Voo Livre na manhã desta terça-feira em Porto Alegre. As aves da fauna nativa, sendo canário da terra e cardeal, estavam em um cativeiro ilegal em uma residência no bairro Camaquã. Houve ainda a apreensão de oito gaiolas e duas arapucas.

Na ação, coordenada pela delegada Marina Goltz, foi cumprido um mandado judicial de busca e apreensão na casa. Segundo ela, o proprietário da residência onde foram apreendidos os animais responderá a procedimento policial pelo crime previsto no artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais, com pena de detenção de seis meses meses a um ano, além de multa. O trabalho policial contou com o apoio da Secretaria Estadual do Meio Ambiente que ficou responsável pelos pássaros apreendidos.

Rodovia

No último domingo, a Polícia Rodoviária Federal havia apreendido 231 pássaros silvestres, sendo que 189 cardeais, 32 coleiros do brejo, cinco bico duro, quatro pintassilgo e um azulão, na BR 290, em Eldorado Sul. Os animais estavam em condições degradantes dentro de caixas em um Chevrolet Cobalt, com um casal, que vinha da região Sul do Estado.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895