Polícia faz maior apreensão de LSD de 2016

Polícia faz maior apreensão de LSD de 2016

Sete pessoas foram detidas com drogas avaliadas em torno de R$ 45 mil

Correio do Povo

Carga de LSD foi apreendida na Assis Brasil

publicidade

Agentes do Departamente Estadual de Narcotráfico (Denarc) realizaram neste sábado a maior apreensão de LSD de 2016, na zona Norte de Porto Alegre. Foram recolhidos 403 pontos da droga. A carga foi interceptada na avenida Assis Brasil, em dois veículos que se deslocavam para o Litoral Norte do Rio Grande do Sul. As investigações começaram no início de janeiro.

"As drogas eram oferecidas em redes sociais, internet e aplicativos de celular, além de serem vendidas diretamente em festas eletrônicas", afirmou o delegado Mario Souza. Foram apreendidos também ecstasys do tipo snooopy.

O LSD e o ecstasy são importados ilegalmente para o Brasil. A remessa apreendida deveria abastecer pelo menos 14 traficantes em festas que serão realizadas esse final de semana no litoral gaúcho.

"O LSD é considerada a droga mais difícil de ser apreendida pelas suas características sendo fácil de esconder em livros, carteiras entre outros", explica Souza. Os policiais realizavam investigações e monitoravam o envio de carregamentos de drogas ao Litoral desde o começo do verão e hoje interceptaram a carga.

Foram presos sete suspeitos de tráfico de drogas. Todos jovens, de 18 até 28 anos, e a maior parte universitários e de classe média. Segundo o Denarc, as drogas são avaliadas em torno de R$ 45 mil.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895